Março de 2017

Sinais de alerta no desenvolvimento infantil


O desenvolvimento é um processo complexo e que tem como objetivo a aquisição da autonomia e a capacidade de respondermos adequadamente às exigências do meio que nos envolve.

Um diagnóstico atempado e uma intervenção precoce adequada são fulcrais para maximizar o potencial de desenvolvimento de uma criança com dificuldades. De seguida, estão alguns sinais de alerta acompanhados de dicas importantes. Contudo, é importante ressalvar que o facto de a criança poder manifestar alguns destes sinais não implica que tenha problemas desenvolvimentais ou psicológicos. Só uma avaliação aprofundada poderá analisar devidamente essas questões.

Sinais de alerta (0-2 anos)
1 mês
  • Não se mantém alerta, nem por breves períodos de tempo
3 meses
  • Não sorri
  • Chora e grita bastante quando é tocada
  • Não fixa nem segue com o olhar um objeto
6 meses
  • Não gosta de estar ao colo de ninguém
  • Demonstra-se muito irritável e, por vezes, inconsolável
  • Não sorri, nem tenta chamar a atenção do adulto
  • Não explora ativamente o ambiente que o envolve, mostrando-se desinteressado e indiferente
9 meses
  • Está frequentemente apático
  • Não distingue caras familiares de caras não familiares ou desconhecidas
  • Não reage a sons
12 meses
  • Não faz gestos simples como dizer adeus ou abanar a cabeça
  • Não reage ao seu nome quando o chamam
  • Faz movimentos repetitivos de forma constante como abanar a cabeça para a frente e para trás
2 anos
  • Não imita ações ou palavras
  • Não cumpre ordens simples
  • É desinteressado pelo ambiente que o rodeia
  • Não mantém contacto ocular
  • Não pronuncia palavras simples

Dicas para os pais
  • Estimule ao máximo as experiências sensoriais do seu filho
  • Promova atividades de exploração/manipulação: use brinquedos atrativos, que façam barulho, que sejam coloridos, de diferentes formas e tamanhos
  • Faça o jogo do “cu-cu” ou “esconde-esconde”
  • Sente-se a curta distância do bebé e estenda-lhe os braços, incentivando-o a ir ter consigo e chamando-o pelo nome
  • Repita algumas atividades para desenvolver a memória
  • Mostre os objetos ao mesmo tempo que os nomeia ou descreve
  • Proporcione um ambiente físico e psicológico calmo, relaxante e estimulante

Sinais de alerta (3-5 anos)
3 anos
  • Não estabelece o jogo imaginativo com as outras crianças
  • Não usa funcionalmente os objetos e não tenta fazer algo construtivo ou criativo
  • Isola-se e não interage com os outros
  • Não usa o gesto como suporte da comunicação no caso de dificuldades na expressão verbal
  • Tem uma dificuldade extrema em separar-se da mãe ou cuidador
  • Demonstra bastante resistência à mudança
  • Tem dificuldade em adormecer sozinho
  • É incapaz de se identificar como eu
4 anos
  • Ignora ou evita o contacto social, nomeadamente com as outras crianças
  • Não estabelece o jogo imaginativo
  • Tem crises de fúria e/ou pânico frequentes em diferentes contextos
  • É desinteressado por ambientes novos e bastante resistente às mudanças nas rotinas
  • Apresenta uma agitação motora bastante acentuada
  • Usa linguagem incompreensível
  • Executa movimentos repetitivos e involuntários
  • Isola-se frequentemente, tentando passar despercebido
  • É resistente ao contacto físico e emocional
  • Não mantém contacto ocular e desvia o olhar
5 anos
  • Apresenta problemas de concentração
  • É incapaz de expressar as suas emoções ou recusa-se a fazê-lo
  • Tem pouco ou nenhum interesse em brincar com outras crianças
  • Exibe tristeza ou choro permanente
  • Não responde aos adultos
  • Não descreve acontecimentos do dia-a-dia
  • Tem dificuldade em reproduzir pequenas histórias
  • É incapaz de desenhar a figura humana
  • É excessivamente medroso, tímido ou agressivo
  • É incapaz de se separar dos pais

Dicas para os pais
  • Transmita confiança à criança e proporcione-lhe bem-estar emocional
  • Estabeleça regras e limites e seja consistente
  • Incentive a interação social e a partilha
  • Estimule a autoestima da criança e promova a sua autonomia

Sinais de alerta (6-10 anos)
6-10 anos
  • Demonstra ansiedade de separação extrema
  • Apresenta enurese noturna
  • Tem timidez excessiva ou isolamento social
  • Mostra falta de interesse pelos outros
  • É vítima de bullying ou adota comportamentos de bully em relação aos pares
  • Ausenta-se com frequência à escola ou recusa ir às aulas
  • O rendimento escolar é baixo
  • São notórios os problemas de concentração
  • Denota-se um aumento da irritabilidade, raiva ou hostilidade
  • Tem medos ou receios excessivos e irracionais
  • É pouco autónomo e tem dificuldade em tomar decisões
  • Exibe tristeza, apatia e/ou choro frequentes
  • Tem baixa autoestima
  • Mostra dificuldade na comunicação e relacionamento interpessoal
  • São visíveis alterações na alimentação e/ou nos padrões de sono
  • Adota comportamentos de oposição extremos e/ou constantes
  • Não conclui os trabalhos/tarefas
  • É excessivamente dependente de figuras cuidadoras

Dicas para os pais
  • Responda às dúvidas e solicitações do seu filho
  • Converse com a criança acerca dos seus sentimentos e do seu dia-a-dia
  • Proporcione atividades que lhe estimulem o raciocínio e a lógica
  • Dê oportunidade à criança de experienciar novas vivências e ter atividades lúdicas e de lazer
  • Estabeleça regras e limites e seja consistente
  • Incentive o gosto pela leitura e estimule hábitos de estudo adequados e regulares
  • Estimule o sentido crítico e de responsabilidade
  • Aceite a criança tal como ela é, auxiliando-a na formação da sua personalidade

Esteja atento aos sinais de alerta descritos e, se considerar necessário, não hesite em contactar-nos!



Ana Morais
Psicóloga NeuroAV



Ver mais artigos

Início | Serviços | Profissionais | Mapa do Site | Preçário | Contactos


© 2017 NeuroAV. Todos os direitos reservados.


Designed and created by João Monteiro.