Outubro de 2016

O que é isso de que toda a gente fala: a dislexia?


O que é a dislexia?

A dislexia é uma perturbação específica da aprendizagem, associada a alterações neurodesenvolvimentais. De acordo com as Associações Internacionais da Dislexia, “caracteriza-se por uma dificuldade na correção e/ou fluência na leitura de palavras em sujeitos com inteligência dentro dos parâmetros considerados normativos ou acima dos valores considerados normais (…). Secundariamente podem surgir dificuldades ao nível da compreensão da leitura.”

A dislexia é provavelmente a causa mais frequente de insucesso escolar11. O ser capaz de realizar a leitura e a compreensão da mesma, é provavelmente das aprendizagens mais importantes, pois muitas vezes é o pilar para acedermos a novas aprendizagens.


A que sinais deve estar atento?

Na infância
  • Atraso na aquisição da linguagem
  • Dificuldade na construção de frases com sentido
  • Dificuldade na memorização de músicas infanti
  • Dificuldade na consciência e manipulação fonológica (i. e. saber que os sons das palavras se podem dividir em bocados mais pequenos)

Na idade escolar
  • Atraso na aprendizagem da leitura e da escrita, com maior lentidão na aprendizagem e divisão silábica
  • Leitura muito lenta e às vezes feita como se estivesse a soletrar, com erros, trocas, inversões e omissões de letras, sílabas e/ou palavras, bem como invenção de palavras
  • Dificuldade na descodificação de letras/sílabas (ex: o-u; p-t; b-v; ss-ç; s-z; f-t)
  • Confusão de letras com grafismo similar, mas com diferente orientação no espaço (ex: b-d; p-q; b-q; n-u; a-e)
  • Dificuldade na compreensão de textos escritos
  • Escrita com erros ortográficos e com letras rasuradas, disformes ou irregulares
  • Lentidão na execução das tarefas escolares
  • Os resultados escolares não traduzem as suas competências intelectuais
  • Dificuldade em recordar informação verbal
  • Dificuldade na aprendizagem de uma língua estrangeira
  • Dificuldade em organizar as suas ideias traduzir os seus pensamentos em palavras

Alterações emocionais
  • Recusa na realização de tarefas escolares
  • Ansiedade e humor deprimido
  • Baixa autoestima<
  • Baixo autoconceito académico
  • Dificuldade em manter a atenção e concentração na sala de aula
  • Sentimentos de vergonha e culpa pelo baixo rendimento escolar
  • Baixa tolerância à frustração
  • Alterações do sono
  • Problemas comportamentais

O que fazer?

Perante os sinais de dislexia, deverá solicitar uma consulta de Psicologia para se avaliar os diferentes fatores relacionados com as dificuldades de aprendizagem, bem como despistar o diagnóstico de dislexia. Deve ainda ser analisa a possibilidade de integração nas medidas educativas especiais.



Referências:

1- Fawcett & Nicolson. (1992). Automatization deficits in balance for dyslexic children. Perceptual and Motor skills; 75: 507-29.

2- Galaburda M. et al. (1985). Developmental dyslexia: four consecutive patients with cortical anomalies. Annals of Neurology; 18: 222-33.

3- Galaburda M. (1989). Ordinary and extraordinary brain development: anatomical variation in developmental Dyslexia. Annals of dyslexia; 39: 67-80.

4- Gordan F., Sherman, Caroline C. (2003). Neuroanatomy of dyslexia. Perspectives spring; 2: 9- 13.

5- Moura O. (s/d). Dislexia: Avaliação e Intervenção. ISPA.

6- Nicolson J., Fawcett A. (1990). Automaticity: a new framework for dyslexia research. Cognition; 35: 159- 182.

7- São Luís Castro & Inês Gomes (2000). Dificuldades de aprendizagem da língua materna. Universidade Aberta.

8- Shaywitz et al. (1998) Functional disruption in the organization of the brain for reading in dyslexia. Proceedings of the National Academy of Sciences; 5: 2636-2641.

9- Shaywitz S. (1998). Dyslexia. New England Journal of Dyslexia; 338: 307-12.

10- Shaywitz, S. (2008). Vencer a dislexia. Porto editora.

11- Teles, P. (2004). Dislexia: como Identificar? Como Intervir? Revista Portuguesa de Clínica Geral; 20: 713-730.


Andreia Vieira
Psicóloga NeuroAV



Ver mais artigos

Início | Serviços | Profissionais | Mapa do Site | Preçário | Contactos


© 2017 NeuroAV. Todos os direitos reservados.


Designed and created by João Monteiro.